terça-feira, 24 de maio de 2011

Adriana Rocha "Luluzinha Desajustada"

Postado por Clube da Luluzinha às 16:13 8 comentários
Uma hora eu ia ter que encarar, que seja logo.





Adriana Rocha é meu nome, costumam me chamar de Drika, fique a vontade.

Sou um monte de coisas, mãe, filha, amiga, cozinheira, lavadeira, cozinheira, estudante de música e inglês nas horas vagas (o que estava sendo cada vez mais dificil, "horas vagas"), estudei enfermagem também, mas o que eu gosto mesmo é de escrever.
É bom fazer o que gosta, se não faz, lute e comece a fazer, só vale a pena viver se for para ser feliz. Faça o que ama e seja feliz.
Sou completamente desajustada, look http://twixar.com/CrPTwU9sDPT , nem faço mais questão de disfarçar, quero ser exatamente quem sou diante de todos, para que possam me amar ou não, mas não pretendo mudar muito, sou chata, sinto insegurança. ciúme, raiva, amor, sou intensa, choro discaradamente, e riu até perder o fôlego, gosto de dançar, não vivo sem amigos, oro por eles, gosto da reciprocidade.


Sou uma mulher em busca do equilíbrio, confesso que me incluo no time das desequilibradas.


Às vezes sou obrigada a engolir algumas coisas, às vezes por obrigação me calo, sem contar nas vezes que tenho que deixar de fazer coisas, conduzir situações como eu gostaria, mas não posso.


Tudo isso me desequilibra.


Tenho inveja de pessoas equilibradas, daquelas que passam por situações extremas e não move uma ruga, em algumas horas eu gostaria de ser igual, não toda hora, em algumas horas, não abro mão de ser intensa.


Queria ser como algumas pessoas que tem facilidade de dizer não, de se desprender rapidamente dos outros, eu as admiro, eu tenho um pouco de dificuldade de dizer não, até pra mim as vezes, estou treinando.


Não tenho a menor pretensão de ser a "mulher equilíbrio”, não abro mão de dar uma de louca às vezes, mas quero tentar fazer isso na ocasião adequada, ou criar uma situação adequada.


Também não quero mudar minha essência, eu gosto de mim. Só quero um pouco mais de organização na minha cabeça, na minha vida, no meu coração.


Ai sim! Estarei perfeita, aguardem, serei a desequilibrada no equilíbrio certo.


Eu caminhho na vida procurando o meu eixo, enquanto isso continuo por ai fazendo amigos, orando por eles e escrevendo...


Ah essa foto ai foi a Luluzinha Ana Yamada quem fez, ela é um luxo de pessoa e uma ótima profissional.


Beijos meninas.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

A mulher maravilha!

Postado por Clube da Luluzinha às 13:15 8 comentários
Foi muito legal nosso papo.
Passamos duas semanas falando de sexo, assunto sugestionado pela Paulinha, que também foi a luluzinha apresentada no post anterior, olha que esse assunto no meio da mulherada é assunto pra mais 10 anos, muitas mulheres manifestaram suas opiniões, umas acham sexo bom no dia do pagamento(gargalhadas), outras diz que se o marido não fizer sexo com elas eles apanham, algumas perderam a vontade do ato.
Alguns conselhos vindos das mulheres mais maduras, e uma diversão tremenda proporcionou as mais jovens. Falamos coisas que os homens nunca saberão...



Eu concluo que a mulherada só precisa de amor, é mentira esse papo de que mulher gosta de grana, também o maior problema não são as necessidades sexuais, já não acho que não é o casamento em si, que completa esses seres tão complicados, atenção meninada! Nem adianta desesperarem-se para casar, hoje até desaconselho.


Deu para ver, que há luluzinhas muito "bem casadas", sofrendo solidão e falta de amor tem mulher muito bem casada e com a situação financeira tranqüila sentindo falta do beijo do marido, permanecem vivendo junto com eles, o que não quer dizer que vive com eles, mas o que fazer? Esse sofrimento todo é em nome da família, dos filhos, será mesmo?

Não consigo acreditar que quem não é verdadeiramente feliz, tenha bases firmes para construir uma família feliz.
Ou se vive com alguém porque ama, ou porque está interessada no que ele lhe proporciona. Se o ama, algumas dicas das luluzinhas vai ajudar muito, se vive com alguém por arroz e feijão não reclama, essa é a tua porção.


Não sou religiosa, não sou contra o divórcio, mas não fico feliz quando ele acontece, sou a favor de que todos podem e devem lutar para serem felizes, se a situação te causa angustias, e não procura uma maneira de mudar a tal situação para sentir alegria em viver, nada vai acontecer, coisa nenhuma vai mudar.

Onde está tal felicidade que a mulherada tanto carece?
Primeiramente esta em Jesus, mais que suficiente para nos suprir, o Espírito Santo nos completa como nunca fomos completadas. É Ele que faz de nós criaturas amáveis.


Queremos ser amadas, mas será que somos amáveis?

Depois, acredito que há coisas que devemos dar um empurrãozinho, proporcionando momento de alegria para ambos! Talvez mudando algumas coisas simples.


Será que a rotina não tenha nos transformado em mulheres chatas e insensíveis. Depois que me separei virei o homem da casa, gente não é fácil! Não pense também que é bom viver só, minha alegria vem de Jesus, do meu trabalho, e dos meus amigos, mas não é fácil.


Será que sua estima não está tão baixa, que você acha que teu marido não te ama mais, mas no fundo é você que deixou de se amar, se não se ama, vai ficar difícil amar o próximo, e neste caso, teu próximo é teu companheiro, marido, namorado, noivo sei lá, aquele a quem você diz que ama.
Será mesmo que somos esse TESÂO de mulher que muitas de nós nos julgamos ser?Ser um TESÂO de mulher é uma condição que é imputada a corpo alma, mente e coração, não depende de peso ou altura.

Quando vejo casais que se amam se separando, ai que dor! É um aborto, pessoas ficam feridas, filhos ficam feridos, só Deus para apagar as marcas. Por outro lado, tenho amigas lindíssimas, gostosonas que são infelizes, eu realmente não sei dizer a elas até onde vale à pena enterrar seus sonhos de prosperidade paz e amor.



Homens não pensam como as mulheres, não podemos nos esquecer disso, os homens acham que as mulheres já nasceram lindas e perfumadas, e nem precisam pensar diferente, a mulher tem que dormir linda e acordar linda, aproveitar o tempo que o maridão está fora para fazer depilação, unhas, cabelo etc. Mas criaturas dóceis isso temos que ser mesmo, independente do que pensam.



Nada de ficar andando pela casa chutando o balde, gritando de bobes, já foi esse tempo.



Se perder o tesão por você, vai ser complicado despertar tesão em seu marido, se sua estima está baixa, faça algo para erguê-la, hoje há massagens que fazem as mulheres se sentirem verdadeiras deusas como nos disse a querida Veet Surya, amiga Luluzinha do facebook, e especializada no assunto nos dá dicas ótimas...


Eu estou sempre cercada de mulheres, sempre trabalhei no meio da mulherada e gosto de trabalhar com elas, conheço as sinceras e as falsas. Costumo dizer a elas, que essa área; a sentimental é uma área delicada demais para deixarmos nas mãos dos homens, hoje em dia a mulher é que tem que ter chantilly na geladeira, se vive com alguém que ama não perca a oportunidade de fazer tudo como era no começo, surpreenda, use a criatividade, mande as crianças passar um fim de semana na casa da avó, dos tios, de algum amigo!


Prepare um jantarzinho especial, coloque uma música agradável, compre um vinho um lingerie novo! Vale apena tentar, nem todas tem a oportunidade de fazer tudo de novo, pensem nisso.

Agora se você faz de tudo e não dá em nada, fala sério né? Assim não dá, só vale a pena viver se for para ser feliz, e isso não está anexado ao fato de viver ou não com alguém. Tem garota que tem namorado e sai com outros, tem mulher que é casada que sai com outros, tem mulher que é livre que sai com todos os homens que passa na frente, outras são livres, mas não saem com ninguém, em minha opinião se nos concentrarmos em nós mesmas, procurar exalar a beleza que há no coração de cada uma, com certeza as coisas se ajustaram.


Diga não a violência física ou psicológica, existem muitos relatos de mulheres que sofrem violência, a violência psicologia é uma violência horrívél, que deve ser denunciada, se estiver sofrendo isso, procure ajuda e seja feliz.





Fica uma das piadinhas que uma das meninas postaram no clube.





FOI PROVADO, APÓS ACOMPANHAMENTO DE VÁRIOS CASOS, QUE TODA MULHER PRECISA DE DOIS HOMENS: UM EM CASA E OUTRO FORA DE CASA.
PARA ENTENDER, É MUITO SIMPLES:

1. O MARIDO CUIDA DA PARTE FINANCEIRA, PAGA AS CONTAS DOS FILHOS, DA ESPOSA E DA CASA.
2. O OUTRO CUIDA DE VOCÊ.
3. O MARIDO FALA DOS PROBLEMAS, DAS CONTAS A PAGAR, DAS DIFICULDADES DO DIA.
4. O OUTRO FALA DA SAUDADE QUE SENTIU DE VOCÊ DURANTE A SUA AUSÊNCIA.
5. O MARIDO COMPRA UMA ROUPA NOVA PARA IR A UM COMPROMISSO DE TRABALHO.
6. O OUTRO TIRA ESSA MESMA ROUPA SÓ PRA VOCÊ.
7. O MARIDO DORME COM AQUELA CAMISETA VELHA E DE CUECA, AS VEZES ATÉ DE MEIA.
8. O OUTRO DORME COMPLETAMENTE NU, ABRAÇADINHO A VOCÊ.
9. O MARIDO RECLAMA DAS COISAS QUE TEM QUE CONSERTAR EM CASA.
10. O OUTRO TE RECEBE NO APARTAMENTO ONDE TUDO FUNCIONA PERFEITAMENTE..
11. O MARIDO TELEFONA PRA CASA E FICA PERGUNTANDO O QUE TEM QUE COMPRAR NO SUPERMERCADO, PADARIA E ETC.
12. O OUTRO TELEFONA SÓ PRA DIZER QUE COMPROU UM CHAMPGNE QUE VOCÊ VAI ADORAR.
13. O MARIDO RECLAMA DO CHEFE, DO TRABALHO, DO CANSAÇO DE ACORDAR CEDO.
14. O OUTRO RECLAMA A SUA AUSÊNCIA E OS DIAS QUE FICA SEM TE VER.
15. AH...ESQUECI O IMPRESCINDÍVEL.....O OUTRO NUNCA VAI TOMAR CERVEJA COM OS AMIGOS NUMA SEXTA-FEIRA!!! - ELE ESTARÁ COM VOCÊ ENQUANTO O CORNO ESTA ENCHENDO A CARA COM UM MONTE DE MACHO DO LADO.
BEM, VOCÊ VAI ME PERGUNTAR:
- POR QUE NÃO TROCAR O MARIDO PELO AMANTE?
PELO SIMPLES FATO DE QUE O AMANTE SE FOR VIVER COM VOCÊ, PASSARÁ PARA O PAPEL DE MARIDO E LOGO, LOGO, VOCÊ PRECISARÁ ARRUMAR OUTRO.





Fazer o que cabeça de mulher não é igual cabeça de homem.

bjs até semana que vem. Drika








sexta-feira, 6 de maio de 2011

Paulinha a "Tarada"

Postado por Clube da Luluzinha às 16:54 4 comentários



Sou Ana Paula Gonçalves, mas podem me chamar de PAULINHA.
Tenho 25 anos (até dia 9 deste mês). Moro atualmente em CAMPINAS – SP sou professora de matemática e leciono em escolas públicas (Não me perguntem como eu consegui esta artimanha! (RISOS)).
Me conduzi ao mundo virtual desde quando conheci a internet, mas somente em Janeiro de 2010 iniciei meu trabalho como blogueira. Possuo meu cantinho mANAncial: http://paullinhag.blogspot.com/ onde nele “choro as pitangas”, derramo lágrimas, abro sorrisos.. me revolto, mas enfim...mostro ali, o que se passa conosco (o ego feminino), com todas as suas fragilidades e desejos.
Além do meu blog mANAncial, sou membra/administradora do blog CPFG – Confraria dos Pensadores Fora da Gaiola: http://cpfg.blogspot.com/ . Neste Blog, amigos e mestres como Levi Bronzeado e Eduardo Medeiros, mostram o pensar de uma forma distinta e liberta.
Conheci a amiga Adriana Rocha através do amigo Esdras Gregório, nos tornamos parceiras virtuais, e tenho muita vontade de conhecer esta mulher exuberante pessoalmente.
Fazer parte do Clube Luluzinhas vai ser um eterno prazer, já que sou um tanto “tarada” como disse a DRI, e um tanto “loka” sem limites...
Uma frase pra finalizar o meu EU queridas meninas Lulus:
“Faço o que quero fazer, sou o que desejo ser... pois não adianta fazermos aquilo que não somos, e nem adianta sermos de acordo com o que fazemos” (Paulinha)
(RISOS) Prazer!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Postado por Clube da Luluzinha às 22:13 0 comentários



Estamos em construção

Celebrity Gossip

 

Clube da Luluzinha Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | Illustration by Enakei | Gossip Celebrity